Ácido Azelaico: Tratamento de Melasma, Acnes, Rosácea e Psoríase

Tire todas as suas dúvidas sobre esse ácido!

Descubra tudo sobre o ácido azelaico e seus principais benefícios para a saúde. Veja as informações disponíveis!

O ácido azelaico é um tipo de substância com extração de produtos como grão integral. É específico para o tratamento de problemas da pele. Confira isso e tudo mais, a seguir, para se obter o melhor do ácido, em questão!

O que é Ácido Azelaico?

Trata-se de um elemento natural com extração de produtos como os grãos integrais. Tem produção pelos micro-organismos que se presenciam na pele. Quaisquer produtos que tenham a composição do ácido azelaico em sua fórmula apresentam um pH equilibrado e média de 4,9 (pH que se aproxima da pele), caracterizado pelo pH essencial em que as substâncias do ácido azelaico têm ação.

O ácido azelaico, de modo geral, tem uso para tratar problemas de pele como as seguintes condições:

Pesquisas revelam que a utilização deste ácido para tratamento de tais condições apresenta maior eficácia do que as demais disponibilizadas pelo mercado, como peróxido de benzoíla, tretinoína, ácido salicílico e afins.

Trata a acne

Este ácido tem a consideração de uma medicação para tratar a acne de teor leve até a moderada. É pertencente a uma categoria de remédios denominados como ácidos dicarboxílicos.

Atua de maneira a eliminar os elementos bacterianos que causam acne e também reduzem a produtividade da queratina, que é capaz de transformar o ambiente propenso a disseminação das bactérias

Para tratar a acne, este ácido atua como uma substância antibacteriana, anti-inflamatória e antiqueratinizante. É capaz também de reduzir o quantitativo dos ácidos graxos livres na região da pele, transformando a pele num ambiente sem propensão de crescimento de fungos e bactérias.

Desse modo apresenta eficácia em situações de acne por fungos ou para tratar as condições como a dermatite seborreica, bem como:

  • foliculite;
  • psoríase;
  • eczema.

Ácido Azelaico para Melasma

Esta substância atua na região dos melanócitos, de maneira a inibir o efeito da tirosinase, que é uma enzima que se responsabiliza pela produtividade da melanina. Ainda, apresenta efeito antibactericida, antioxidante e também efeito anti-inflamatório.

Com todas essas vantagens, além de ter uso para tratar o melasma, o ácido tem indicação para acnes, hiperpigmentações pós inflamação, para o clareamento de manchas provocadas pela foliculite e como um potente aliado no processo de rejuvenescer a pele.

Cuidados

Em período do tratamento, o indivíduo deve fazer uso do protetor solar diariamente, de modo a seguir as recomendações do especialista. Ao lembrar da composição, é importante dizer que pode ter uso com recomendação e acompanhamento médico, desde gestantes até os outros indivíduos.

Só o médico com qualificação pode saber a concentração correta para cada situação.

Este problema denominado como melasma é provocado por uma superprodutividade da melanina, que traz a consequência da descoloração em tom marrom na pele. Este melasma tem o costume de ter agravamento em exposição sem que haja a proteção solar.

Pesquisas fazem a indicação de que a utilização do ácido azelaico para tratar o melasma tem maior eficácia do que a utilização da hidroquinona, que trata as situações de hiperpigmentação relacionada a maior produtividade da melanina da pele.

Em razão da inibição do elemento tirosinase, este ácido apresenta a capacidade da redução da síntese da melanina, auxiliando em situações do melasma e hiperpigmentação pós inflamação. Além destas características, a utilização do ácido não provoca reação colateral com significância.

Como Usar Ácido Azelaico?

Esta aplicação só pode ser elaborada depois de cuidar da pele com água corrente ou, se houver necessidade, com substância de limpeza suave. A secagem da pele antes da aplicação do remédio é obrigatória.

É imprescindível fazer uso do ácido azelaico de forma regular, ao longo do tempo de tratamento.

Duração

O tratamento durará a depender do nível da intensidade do distúrbio da pele, e pode ter variação de indivíduo para indivíduo. De modo geral, a melhora com distinção acaba se tornando aparente depois de uma média de quatro semanas do tratamento.

Contudo, para que se obtenha resultados melhores, há a necessidade de fazer uso do ácido azelaico por diversos meses. Existe estudo clínico que comprova o tempo adequado de aplicação permanente por até doze meses para o creme deste ácido.

Em situação de reação cutânea intensa, é preciso que se reduza o quantitativo de remédio usado para cada aplicação ou a redução da frequência da utilização para 1x por dia, até que tal irritação suma.

Se houver necessidade, o tratamento pode se caracterizar interrompido por determinados dias.

Creme

Trata-se de uma especificidade para tratar a acne de caráter vulgar. Ele deve ter aplicação 2x por dia, uma vez na parte da manhã e uma vez na parte da noite, em cima das áreas prejudicadas. É preciso friccionar de modo cuidadoso, por uma média de 2,5cm do creme, com suficiência para tratar todo o rosto.

Tal segurança e eficácia não teve estabelecimento para o uso em crianças com faixa etária menor de 12 anos.

A utilização do creme é simples. A partir da pele seca e limpa, é importante fazer a aplicação de uma porção aproximada de 2,5cm do creme e espalhar pelo rosto inteiro, sempre fazendo massagens para que se melhore a absorção.

Aguarde para que o produto seque antes que se passe qualquer tipo da maquiagem ou hidratantes pela face.

Gel

Este produto em forma de gel é específico para tratar as rosáceas papulopustulosas ou a acne em caráter vulgar.

Deve ter aplicação 2x por dia em cima das áreas prejudicadas, fazendo a fricção cuidadosa. O teor de eficácia e a segurança deste ácido em gel para tratar a acne vulgar do público infantil com idade menor a 12 anos não teve estabelecimento.

De mesma forma, não estabeleceu segurança ou eficácia ao tratar a rosácea mencionada em indivíduos menores que 18 anos.

Se você gostou das informações sobre este ácido, e está ou fará uso do produto, deixe a sua opinião! Nós queremos saber mais sobre o que você achou desta substância aparentemente milagrosa. Já fez uso do produto e quer comentar aqui com a gente? Fique à vontade!

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Linkedn

Você leu Ácido Azelaico: Tratamento de Melasma, Acnes, Rosácea e Psoríase. O FemmeVerso estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *