Ácido Glicólico para Beleza e Saúde da Pele [Guia Completo]

Tire todas as suas dúvidas sobre essa substância!

Publicado em e atualizado em: 31-08-2021 por Lory Aguiar

Confira tudo sobre o ácido glicólico e de que forma ele pode influenciar numa aparência e saúde aprimorada da pele!

O Ácido Glicólico é um elemento com derivação da cana do açúcar e demais vegetais doces, sem cheiro ou cor, que apresenta substâncias de ação hidratante, para esfoliação, clareamento, rejuvenescimento e, ainda, função antiacnéica.

É possível ter uso em composições de loção e creme, para utilização todos os dias, ou, ainda, concentração de maior intensidade para o procedimento de peelings.

O que é o Ácido Glicólico?

Esta substância é um ácido orgânico de mesma categoria que os ácidos láticos, conhecidos por tornar mais fácil a penetração dos elementos na pele, além de dispor do efeito dos radicais livres e promover o auxílio na composição do colágeno. Considera-se um esfoliante de maior agressividade, tendo indicação de forma preferencial em pele com maior resistência e maior claridade.

Indicação

Indicação

Este elemento promove a redução da espessura da pele, apresentando ação esfoliativa na pele e tornando mais propício o clareamento, bem como o estímulo da síntese do colágeno na pele. A partir disso, atua para reverter e prevenir o envelhecimento da cútis, melhorando o aspecto de manchas, de cicatriz da acne, além de estrias e o fechamento dos poros, melhorando a acne.

É possível que tenha aplicação tanto na face quanto no corpo, conforme as recomendações médicas. Trata-se de uma opção de menor irritação do que o ácido retinoico, famoso pela agressão menor da pele.

Outro benefício deste elemento é promover o aumento das absorções de outras substâncias ativas associadas na composição, na situação dos cosméticos.

No caso da rosácea, em razão do efeito estimulante do colágeno, bem como o espessamento dérmico secundário, é capaz de promover a vaso compressão, aprimorando o tom avermelhado.

É possível que tenha uso em quaisquer partes do corpo, e só há a necessidade de atentar-se às concentrações a terem uso em regiões de maior sensibilidade. É preciso atentar-se ao quantitativo para que não cometa a agressão na pele.

É possível ter o encontro em substâncias dermocosméticas em concentração de 2 a 10, com preparação em fórmula manipulada em diversos quantitativos de concentração.

Ao fazer uso em peelings, o produto pode atingir um pH maior, visto que terá uso a partir de especialista. Para uma segurança maior da utilização do ácido glicólico por dia, a recomendação.

A utilização dos cremes com manipulação precisam ser feitos a partir da prescrição de um especialista médico.

De modo diferente da substâncias do ácido retinóico, o ácido glicólico pode ter uso em período diurno, em época de verão, porque não se caracteriza fotossensibilizante. Na casa, é preciso que tenha ação direta na pele, pelo tempo de 2h a 3h.

Peelings

Peelings

Este ácido também pode ter uso em consultórios para o peeling químico de teor superficial. Nessas situações, a concentração é maior, bem como o pH menor.

O peeling deve acontecer de modo a permanecer agindo na pele entre 15 a 20min, e então fazer sua retirada em consultório. Cada uma das sessões do peeling pode ter duração de 45min a 1h e o quantitativo de sessão necessária dependerá do objetivo do tratamento.

De modo geral, a manutenção é elaborada posteriormente com a utilização do creme, de forma caseira.

Benefícios para Pele

Benefícios Para Pele

Determinadas ações deste ácido correspondem aos critérios específicos que beneficiam da seguinte forma:

  • rejuvenesce a pele, pela capacidade de esfoliação e estímulo da síntese do colágeno;
  • clareia as manchas – melasmas, acne ou solares;
  • afina a pele;
  • deixa a pele sedosa;
  • trata as estrias;
  • elimina os elementos celulares mortos em excesso.

A partir da remoção dos elementos celulares mortos, o ácido é capaz de facilitar a absorção de outros elementos utilizados na pele, como hidratação e clareadores.

Preferencialmente, o tratamento com esta substância precisa ter indicação pelo especialista, que orientará o indivíduo sobre o formato de utilização e quantitativo ideal para cada pele.

Envelhecimento de pele

Envelhecimento De Pele

Este envelhecimento da pele provocado pela ação do tempo exposto ao sol é uma das condições que mais acometem a saúde deste órgão. Isso pode provocar danificações ao corpo, se não tiver os cuidados devidos, como uma elasticidade que se perde, tornando a pele mais ressecada e áspera, além de apresentar manchas brancas, escuras e as rugas profundas e finas.

Há diversos elementos que podem ter uso em tratamentos para o auxílio na diminuição das ações do envelhecimento da pele, dentre elas a substância do ácido glicólico.

Como Usar o Ácido Glicólico?

Como Usar O Ácido Glicólico

Ao fazer uso em substâncias cosméticas, no formato de loção e cremes, este ácido é disposto em concentrações de um a 10, precisando que tal uso aconteça todos os dias, ao se deitar ou de acordo com recomendação médica.

Já, ao passo que tenha utilização no formato de peeling, a substância têm o costume de ter aplicação em concentração de 20 a 70, e pode ter ação de maior suavidade ou intensidade para remover os elementos celulares, conforme a necessidade e tipo de pele de cada indivíduo.

Ao passo que este ácido tenha a aplicação sobre a pele, é capaz de provocar a vasodilatação da área, reduzindo a espessura da pele, e promovendo o aceleramento do processo de renovação da epiderme, bem como o estímulo da síntese da proteína do colágeno.

Outro fator benéfico de como usar este ácido é que, a irritação é muito menor do que se estiver fazendo uso do ácido retinóico, auxiliando também no aumento da absorção de demais ativos com associação aos compostos, em situação de utilização com demais cosméticos.

Cuidados, Efeitos Colaterais e Precauções

Cuidados Efeitos Colaterais E Precauções

Todo e qualquer tipo de ácido precisa ser utilizado com a orientação médica. Portanto, antes de fazer uso do produto, busque compreender e avaliar a situação das suas manchas de pele, por exemplo, para evitar problemas mais graves.

É extremamente importante que o uso deste químico seja feito com consciência, sob recomendação de um dermatologista e com os devidos exames requisitados. Não abuse também da concentração determinada pelo especialista. A superdosagem pode trazer riscos à saúde!

Compartilhe as informações com seus amigos e mantenha-se a par de todos os cuidados para o uso consciente!

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Whatsapp

Você leu Ácido Glicólico para Beleza e Saúde da Pele [Guia Completo]. O FemmeVerso estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.