Ácido Hialurônico: Indicações, Como Usar, Cuidados e Riscos do uso

Ele é mesmo seguro? Veja aqui!

O nome é realmente diferente, e provavelmente você nunca tenha ouvido falar sobre ácido hialurônico, não é mesmo?

O ácido hialurônico é uma substância presente naturalmente no nosso organismo. É uma molécula de açúcar que atrai a água atuando como lubrificante, absorvendo choques em algumas partes moveis do nosso corpo, como as articulações.

Em nosso corpo, 56% do ácido hialurônico, se encontra na pele, onde atua preenchendo o espaço entre as células. Isso faz com que ela se mantenha lisa, elástica e bem hidratada.

Com o passar dos anos, sua concentração na pele diminui, causando o surgimento de rugas e também seu ressecamento.

No entanto, no ano de 1996, começou-se a utilizar o ácido animal, na pele para cuidar e tratar as rugas e recuperar o antigo viço e elasticidade. Nos dias de hoje esse ácido pode ser de dois tipos como:

  • Origem animal (vem da crista do galo)
  • Biotecnologia (através da fermentação bacteriana)

O ácido hialurônico independente da fonte, é submetido a uma série de procedimentos químicos, visando dessa forma à obtenção do produto final que é o hialuronato de sódio. Procurando obtê-lo com a menor concentração possível de proteínas, ou ainda endotoxinas bacterianas.

No final desse processo de purificação, é obtido o produto na forma de um gel purificado, que pode ser utilizado diretamente na pele ou ser usado na composição de cosméticos.

Como usar o ácido hialurônico

Existem dois modos mais comuns de utilizar o ácido hialurônico na pele são:

Ácido hialurônico em creme ou séruns: são glicosaminoglicanas em veículos tópicos que, ao serem utilizados na pele, hidratam profundamente, deixando-a lisinha e macia. Isso ocorre porque o ácido hialurônico tem a capacidade de atrair as moléculas de água. Desse modo, seu efeito preenchedor, melhora a textura da pele, assim como o aspecto das rugas.

Os cremes à base de ácido hialurônico, quando associados com retinóides, vitamina C e outros renovadores celulares, apresentam excelentes resultados à longo prazo, visto que são excelentes aliados na prevenção do envelhecimento.

Ácido hialurônico injetável: é um gel à base de glicosaminoglicanas que preenche os déficits de volume no corpo e rosto como:

  • Lábios;
  • Olheiras;
  • Bigode chinês;
  • Cicatrizes profundas de acne;
  • Celulites;
  • Depressões corporais.

Também pode ser utilizado para dar sustentação, definindo assim as estruturas faciais, como o método MD Codes.

Indicações do ácido hialurônico

Esse ácido é indicado para melhorar a vitalidade da pele, suavizando as rugas e marcas de expressão adquiridas pela idade.

Quando utilizado na forma injetável, ele pode ser usado nos lábios para dar volume e contornar, contorno de face, sulcos labiais, sulco naso-jugal que são as olheiras, rugas faciais e ainda para repor volume na face e nas mãos.

Outro procedimento em que o ácido hialurônico é utilizado é no volume do rosto, sendo aplicado na região dos malares, mandíbula e ainda nas laterais da face. Esse procedimento é indicado principalmente com o passar dos anos, pois algumas partes do rosto, depois de uma certa idade, acaba perdendo o tecido cutâneo.

O ácido pode ser aplicado com microcânulas, trazendo mais conforto e segurança para a aplicação, aplica-se uma anestesia local.

Outras utilidades do ácido hialurônico

Como vimos, o ácido hialurônico pode ser encontrado em forma de cremes tópicos ou injetáveis. No caso de injetável, a aplicação deve ser feita por um profissional da área, ou seja um dermatologista ou cirurgião plástico.

Nos dias atuais esse ácido é uma das substancias mais utilizadas em preenchimentos, pois um implante reabsorvível, biocompativel não há relato de hipersensibilidade. Ele ainda é um dos pilares do rejuvenescimento, devido sua hidratação ser de forma intensa.

O ácido hialurônico ainda é utilizado para melhorar processos reumatológicos articulares e ortopédicos. Na oftalmologia, é usado no humor vítreo, contribuindo na forma esférica dos olhos.

Cuidados antes de utilizar o ácido

Antes de iniciar um tratamento com o ácido hialurônico, deve-se fazer um exame clínico, para descartar possíveis contraindicações ao tratamento.

Na véspera que antecede o tratamento, deve-se evitar o consumo de bebidas alcoólicas em doses exageradas.

O ácido noturno, não deve ser usado no dia anterior e nem no dia do procedimento. Alguns medicamentos anticoagulantes como ginkco biloba e ácido acetilsalicílico, devem ser evitados na semana anterior que antecede o procedimento.

O filtro solar é extremamente importante, devendo ser usado antes e depois do procedimento.

Cuidados após o procedimento com o ácido hialurônico

Alguns profissionais recomendam fazer massagens na região, com as pontas dos dedos. No entanto, esse procedimento se torna contraindicado caso haja hematomas.

Caso forme áreas roxas, deve-se evitar se expor ao sol, podendo utilizar gelo no local durante as primeiras 24 horas.

Alguns riscos possíveis

Como vimos, o uso de cremes com ácido hialurônico, quando usado conforme as recomendações do fabricante, não traz riscos.

No entanto, a aplicação dessa substância diretamente na pele, pode acarretar problemas, quando o procedimento é mal feito ou o produto é de qualidade duvidosa.

Por essa razão sempre que resolver fazer um procedimento dessa natureza, certifique-se se o profissional e o local é confiável.

No entanto, algumas reações adversas, é comum aparecer após a aplicação como:

  • Edema;
  • Dor;
  • Eritema transitório;
  • Edema;
  • Prurido;
  • Contusões;
  • Sensibilidade no local da injeção.

Geralmente a resolução é rápida, dentro de um ou dois dias após a aplicação.

O resultado esperado ao aplicar o ácido na pele, é suavizar as rugas, dando naturalidade a face, e modelando o rosto. Além de sempre evidenciar os ângulos e ainda respeitar os pontos de iluminação da pele.

Nesses aspectos, com toda certeza esse método é um dos mais eficientes.

Gostou desse artigo?

Como vimos, o ácido hialurônico, é simplesmente fantástico para a redução de rugas e contornos do rosto, levantando a auto estima, das pessoas que estão desgostosas com a aparência. Todavia, sempre que resolver fazer esse tipo de procedimento, busque um especialista, dessa maneira você não correrá riscos indesejáveis.

E ai gostou desse artigo? Deixe seu comentário, sua sugestão, ajude-nos a disseminar o conhecimento.

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Linkedn

Você leu Ácido Hialurônico: Indicações, Como Usar, Cuidados e Riscos do uso. O FemmeVerso estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *