Ácido Retinóico: O que é? Para que serve? Como é Usado? [Guia]

Tire todas as suas dúvidas sobre o famoso ácido!

Publicado em e atualizado em: 31-08-2021 por Lory Aguiar

Rugas, oleosidade no rosto, manchas de acne, asperezas na pele e estrias são sintomas de uma pele que pede um tratamento.

O ácido retinóico é uma alternativa para amenizar as imperfeições da pele, além disso, é usado também nos cabelos proporcionando benefícios aos fios.

Essas e outras informações você encontrará neste artigo sobre Ácido Retinoico como ingrediente de beleza.

O que é o ácido retinóico?

O ácido retinóico é um importante componente para o universo dos cosméticos. Pois, contém em sua fórmula uma vitamina significativa para a pele para os cabelos.

A vitamina A englobada no ácido retinóico é responsável pela produção de queratina dos folículos capilares, bem como, possui a função antioxidante para combater as rugas e marcas na pele.

No entanto, a vitamina A além de ser uma poderosa aliada da beleza dos cabelos e benefícios para o corpo, ela também é essencial para o crescimento dos ossos, das unhas, dentes e glândulas.

Para quê ele é indicado?

Sua função terapêutica apresenta resultados positivos para o tratamento da pele envelhecida, que são mais conhecidas pelas marcas de expressão (rugas finas e grossas), também é indicada para as manchas de sol, sardas e hiperpigmentação.

O Tretinoína, como também pode ser chamado o ácido, estimula a produção de colágeno da pele, além de reparar as manchas causadas por excesso de sol.

O ácido também é indicado para tratar estrias, principalmente, as avermelhadas.

Nas acnes e comedões (cravos), o retinol age de maneira preventiva e cicatrizante de espinhas proporcionando uma melhora significativa da pele lesionada.

O tratamento preventivo de espinhas se baseia no bloqueio dos poros, com o efeito da queratina composta no produto.

No combate contra a oleosidade, o queridinho ameniza o excesso, mas não cura o problema.

Como o ácido retinóico pode ser usado

Como se trata de ingrediente cosmético, o ácido pode ser usado em vários formatos: em creme, gel, serum, loções e peeling.

O ácido retinóico em creme é o mais utilizado para os tratamentos de rosto, como o combate contra as rugas, sendo este de fácil aplicação.

  Sheet Mask: Conheça o Produto Revolucionário (Benefícios)

Vale salientar, que a dosagem deve ser informada por um especialista, mas na maioria dos casos ela é receitada com apenas uma aplicação durante a noite, após lavagem do rosto.

A quantidade de produto equivale ao tamanho de uma ervilha espalhados uma na testa, no queixo e uma nas bochechas. Após a aplicação, espere 20 minutos e aplique um produto hidratante.

O tratamento não possui um limite de duração, mas se você deseja acompanhar a eficácia do produto, você pode usar diariamente a quantidade já informada.

Chegando ao 6º ou 8º mês de tratamento, você pode diminuir os dias para aplicação, passando para apenas alguns dias alternados para o tratamento.

Contudo, a aplicação do produto pode causar vermelhidão, irritação, coceira e descamação, que podem ser resultado da combinação de hidratantes que contenham AHA ou ácido salicílico.

Porém, é normal que no tratamento haja alguns desses aspectos, isso não quer dizer que você é alérgico ao produto. Caso aconteça alguma irritação, faça o teste usando o produto em dias alternados.

Se você está fazendo tratamento antirrugas, evite os cosméticos que possuem como componente o peróxido de benzoíla, pois este anula o efeito do produto.

Os resultados para esse fim (fotoenvelhecimento) pode ser percebidos no primeiro mês de uso.

Ácido retinóico como peeling químico

O ácido retinóico como peeling químico é uma alternativa de aplicação, podendo ser realizado o procedimento em uma clínica estética ou dermatologista.

É indicado para manchas de sol na pele ou melasma, que auxilia no clareamento das manchas escuras em uma solução de 5% a 10%.

O agir do produto na pele é de aproximadamente 6 horas, sendo necessário lavar com água e sabão.

Assim como a vulcanice para pele, o tratamento consiste em descamação da pele que dura três dias após a aplicação do ácido.

Contraindicações e Precauções

O tratamento com o ácido retinóico pode ser prejudicial para algumas pessoas, por isso, separamos algumas informações de quando não usar ou quando evitar o uso do retinol.

  • O produto não deve ser aplicado sobre a pele irritada, com queimaduras de sol ou pele lesionada;
  • Pessoas com doenças ou infecções de pele não devem aplicar o tratamento;
  • Pessoas que já fazem algum tipo de tratamento com ácido também devem evitar o produto retinóico.
  • O processo também deve ser evitado em pessoas que trabalham expondo-se ao sol;
  • Mulheres grávidas devem evitar o procedimento, já que o ácido pode prejudicar o feto;
  • Mulheres lactantes podem fazer o uso do ácido, mas recomenda-se que seja após o bebê completar 6 meses (sob orientação médica).
  Como Usar Ácido Tranexâmico para a Pele: Benefícios + Perigos!

Dicas e sugestões sobre o uso de ácido retinóico

Se você vai começar a usar ou está fazendo o tratamento com o retinóico, confira abaixo algumas dicas e informações do produto:

  • Mantenha o rosto limpo antes da aplicação do ácido retinóico;
  • Sempre utilize protetor solar acima do fator 30, pois o ácido deixa a pele ainda mais sensível;
  • O protetor solar após o tratamento ajuda a prevenir o retorno das manchinhas escuras;
  • Este tipo de tratamento pode ser complementado com o microagulhamento (dermaroller);
  • Prefira que o tratamento seja acompanhado por um profissional qualificado, evitando prejudicar a sua pele;
  • Como o ácido resseca a pele, é importante hidratar o corpo tomando muita água;

Se você estiver fazendo o tratamento como peeling químico, não é recomendável fazer outro peeling ao mesmo tempo.

Onde posso encontrar e comprar esse produto?

O componente em ácido retinóico pode ser encontrado em formatos em cremes, géis, loções e séruns.

No entanto, alguns nomes comerciais são usados para denominar o ácido retinóico, tais como: Vitacid, Vitanol, Triderm, Tri-luma, Trinulox, Hormoskin, Suavicid e etc.

Pode ser encontrado em farmácias e drogarias (físicas e online), farmácias de manipulação e algumas lojas de departamentos com produtos cosméticos.

Mas lembre-se, que é necessária a prescrição de um profissional que entenda sobre o produto, bem como, que seja feita uma avaliação para averiguar se o produto pode ser usado por você.

E aí, você já tinha ouvido falar do tratamento com ácido retinóico? Já usou esse produtinho?

Compartilhe sua experiência conosco nos comentários.

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Linkedn

Você leu Ácido Retinóico: O que é? Para que serve? Como é Usado? [Guia]. O FemmeVerso estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *