Como Usar Ácido Tranexâmico para a Pele: Benefícios + Perigos!

Tire todas as suas dúvidas sobre essa substância!

Publicado em e atualizado em: 31-08-2021 por Lory Aguiar

Saiba como fazer uso do Ácido Tranexâmico para melhorar a aparência como um todo! Descubra todas as informações aqui!

O Ácido Tranexâmico é uma substância pró-coagulante que tem uso para tratar menorragias e a prevenção de hemorragia em indivíduos hemofílicos com submissão a extração de dentes.

Contudo, o ácido também é excelente para o tratamento e atenuação da resposta dos pigmentos induzidos na pele a partir de radiação UV.

Ácido Tranexâmico para a Pele

Ácido Tranexâmico Para A Pele

O ácido, em questão, está cada vez mais em destaque em virtude do tratamento para a pele. A partir do efeito antifibrinolítico, a medicação tem a capacidade de reduzir a ativação de proteínas sanguíneas denominadas como plasmina.

Este proteína tem a responsabilidade pela degradação dos coágulos, além de dispor de um relacionamento muito próximo com os pigmentos da pele, visto que promovem o estímulo da produtividade da melanina com indução pelas inflamações.

Esta substância, por conseguinte, promove o impedimento do efeito inflamatório e, a consequência disso, é a composição da melanina.

No tempo passado, a substância do ácido tranexâmico era famoso somente como um remédio usado em centros de cirurgia, porém, de algum tempo para cá, diversos estudos fizeram a comprovação da segurança e eficácia para tratar o melasma.

Mas, o que acontece?

O princípio ativo faz a inibição da produtividade da plasmina – um elemento proteico que se presencia na corrente sanguínea – que tem o papel do estímulo da produtividade de melanina. Ao realizar a inibição do processo, estamos aptos a reduzir as manchas da pele.

Esse tratamento depende da análise de diversos aspectos, como o que, de fato, desencadeou o melasma e o grau das manchas aparentes. A partir destes informativos, o especialista fará a prescrição da terapia mais coerente, com remédios ou dermocosméticos.

Há, ainda, a terapia injetável, em que há a possibilidade de ser realizada com médico dermatologista e que apresenta maior eficácia para o controle do problema.

Sistêmico

Sistêmico

Esta substância tranexâmica sistêmica apresenta relatos consistentes em tratamentos de eficácia do melasma, mesmo que a utilização ampa possa ter limitação pelos riscos de tromboembolismo.

Pesquisas limitadas fizeram a investigação do teor eficaz da substância tópica, com ou não a utilização de terapias adjuvantes para o aumento da captação.

Benefícios do Ácido Tranexâmico

Benefícios Do Ácido

Os benefícios desta substância são inúmeros e podem ser caracterizados da seguintes forma:

  • clareamento das manchas da pele;
  • uniformização da tonalidade da pele;
  • auxílio na redução das manchas da acne;
  • suavização das manchas solares.

Conforme os especialistas, o ativo tem indicação em situação de mancha de pele, bem como os seguintes casos:

  • manchas de sol;
  • melasma;
  • marca de acne.

O ácido pode ter uso em formato tópica ou oral, considerando a funcionalidade de impedir o escurecimento de pele e o clareamento das manchas.

Melasma

A maior pesquisa sobre a utilização desta substância oral para tratar o melasma é uma revisão retrospectiva de uma quantidade de indivíduos com a presença de melasma, que passaram por um tratamento a partir do tranexâmico, na cidade de Cingapura.

Um quantitativo maior que 90% deles tiveram um tratamento anterior do melasma, com a inclusão de cremes clareadores e o tratamento com base de energia. Dentre as pessoas que tiveram acesso ao ácido, em questão, pelo tempo de quatro meses, 90% dos indivíduos acabaram demonstrando melhora no teor de gravidade das manchas.

As reações adversas foram experienciadas pelo quantitativo de 7% dos indivíduos. As questões mais comuns caracterizavam-se por inchaços do abdômen e dores.

Tratamento

Tratamento

Ainda que a dosagem por dia do ácido, em questão, para tratar as menorragia e hemofilias aconteçam entre 3900mg e 30 a 40mg por quilo, a dose, por dia, respectiva, para este tratamento tem variação de acordo com a necessidade do indivíduo e deve ter a avaliação de um especialista.

De modo geral, essa variação fica entre 750 a 1500mg a dados com subsequência da melhora em dosagem por dia, de 500mg.

Especificações

Dentre os desafios para a utilização do ácido tranexâmico para tratar o melasma, fazem a inclusão de ambiente médico legal, com especificação aos riscos para utilização de remédio pró-coagulante sistêmica a fim de uma recomendação de cosméticos.

Os indivíduos precisam ouvir conselhos e ter o rastreio em relação aos riscos de desenvolvimento da trombose venosa profunda, bem como a embolia pulmonar antes do início do tratamento. Os custos e o teor da acessibilidade podem acabar limitando a utilização da substância do ácido tranexâmico.

Rosácea

Rosácea

Esta substância tranexâmica tópica e oral proporcionou os relatos de melhoras da estéticas, inclusive, de rosáceas eritemato telangiectásicas com muita potência em relação às ações inibitórias da substância pela neovascularização.

Ainda que pesquisas controladas em ampla escala precisem ser realizadas para que ocorra uma investigação profunda do elemento tranexâmico para tais recomendações, o ácido mostrou-se promissor no começo de tratamentos adjuvantes para diversas questões dermatológicas, com a inclusão, ainda, do melasma.

É necessária muita atenção para caracterizá-la como um adicional de alternativa terapêutica.

Como Usar? Passo a Passo Seguro

Como Usar

O modo de como fazer a inclusão desta substância dentre a rotina de cuidados com a sua pele dependerá da análise de aspectos como a estética e o motivador dessas manchadas. Com tais informativos, os especialistas farão a prescrição da terapia mais coerente:

  • remédios de uso oral ou dermocosméticos;
  • terapia injetável.

A primeira opção apresenta a funcionalidade de tratamento de marcas disponíveis e o impedimento da aparição de novas manchas. A segunda pode ser realizada com o auxílio de um especialista e demonstra muita eficácia para reduzir a condição problemática.

O ácido é um produto que pode agregar alguns tipos de reações adversas e precisa ser utilizado com consciência. Prefira, antes de qualquer coisa, fazer uma consulta com o seu especialista da Dermatologia para entender melhor a condição alérgica, patológica ou afim, em relação à mancha.

Em determinadas situações, há a necessidade de estudar a fundo o problema, fazendo exames e descobrindo o que, de fato, está desencadeando a condição. O ideal é observar na sua pele, qualquer modificação e a maneira como ela acontece. Já em primeiros sinais, busque o auxílio do médico. Não deixe de compartilhar essas informações!

Você tem alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo!

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Whatsapp

Você leu Como Usar Ácido Tranexâmico para a Pele: Benefícios + Perigos!. O FemmeVerso estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.