Ledterapia: Como é feita? Para quê serve? Contraindicações e Colaterais

Saiba tudo sobre a famosa técnica!

Publicado em e atualizado em: 28-05-2020 por Lory Aguiar

Os procedimentos com Ledterapia ou terapia das cores estão tomando conta das clínicas estéticas, trazendo muitos benefícios para pele e também para os cabelos.

É uma técnica inovadora que produz luzes capazes de penetrar na pele e ajudar nos tratamentos de acnes, comedões, rugas, flacidez e até ajudar na queda de cabelo.

Além disso, a Ledterapia é responsável pela ativação da produção de colágeno, energia celular e distribuição de nutrientes para circulação sanguínea.

Para Qual Tratamento A Ledterapia É Indicada

O aparelho utilizado para este procedimento é o LED ou Diodo emissor de luz, que libera partículas de luzes capazes de auxiliar nos problemas de imperfeições na pele.

As luzes mais comuns nos tratamentos são a amarela, vermelha e azul, onde cada uma delas possui sua função no tratamento.

Quer saber mais sobre a Ledterapia, então nos acompanhe no decorrer desse artigo.

Para qual tratamento a Ledterapia é indicada?

O tratamento com led se torna mais eficaz quando comparado ao procedimento com laser, pois apresenta resultados mais satisfatórios em pouco tempo e o procedimento é indolor para o paciente.

É indicada especialmente para tratamentos faciais como remoção de marcas de espinhas e comedões, olheiras, rugas e linhas de expressão, celulite, estrias, gordura localizada e auxilia no processo de cicatrização ou clareamento de manchas.

Por isso, é importante que você conheça os tipos de luzes de led utilizadas nos aparelhos para realização da técnica, assim você garante um procedimento mais preciso para seu tipo de demanda.

Para quê serve cada luz de LED?

Para Quê Serve Cada Luz De Led

O principal fator de utilização dessa terapia é o LED, pois cada cor usada serve para algum tipo de recomendação benéfica para sua pele.

As emissões dos leds causam vasodilatação que ativa a oxigenação da pele, sendo as luzes reparadoras de danos específicos.

Contudo, as luzes são capazes de normalizar as funções bioquímicas, aumento assim, o metabolismo celular.

Confira os benefícios de cada feixe de luz:

  • Luz azul: Possui função de antibactericida, indicada para tratamentos para acne, caspa e foliculite. Consegue inibir a oleosidade através da equilíbrio da produção das glândulas sebáceas. Contudo, também promove uma limpeza profunda da área, garantindo uma melhora significativa do processo de infecção da região causada por bactérias. Com uma hidratação do tecido da pele, a luz azul também ativa as moléculas de melanina que começam a absorver menos luz, gerando um clareamento da região.
  • Luz vermelha: é responsável por uma ação antiinflamatória que também pode ser usada para tratamento de acne. Sendo assim, pode ter resultados positivos para ajudar na queda de cabelo, deixando o folículo capilar mais resistente, além de promover um resultado que estimula e regenera o nascimento e crescimento de novos fios de maneira mais saudáveis. A luz vermelha também estimula a produção de colágeno, que garante uma cicatrização, prevenção na produção de quelóides, eliminação de rugas e marcas de expressão.
  • Luz ambar/Amarela: Também produz colágeno e elasticidade, é indicada para usar sobre estrias e eliminação de rugas. Todavia, como aumenta microcirculação, garante hidratação do tecido mais profundamente.

Outro benefício da luz amarela é a capacidade de drenar, desintoxicar e melhorar a circulação sanguínea, por isso é indicada para eliminar estrias.

Além desses três tipos de luz de led mais usados, existe a luz verde, que ajuda a clarear as manchas, a luz violeta que é a mistura da luz azul com a vermelha e branca que são usadas também para procedimentos estéticos específicos.

Como é feito o procedimento de Ledterapia?

Como É Feito O Procedimento De Ledterapia

Antes de todo tratamento estético é necessário fazer toda uma avaliação, de modo que seja averiguado como será feito todo o procedimento, seja na quantidade de sessões e considerar os cuidados após o tratamento.

Neste sentido, o procedimento em si começa com uma limpeza da pele com loção adjacente no caso de pele oleosa, mas para peles secas um bom sabonete facial já resolve a preparação da pele para o Led.

O processo é rápido e cabe na palma da sua mão, pois o aparelho usado é leve e bem prático de manusear.

Assim, o aparelho de led dispara as luzes quentes sobre a pele, fazendo a absorção pelos tecidos que vão sendo restaurados e causando o efeito rejuvenescedor.

Vale salientar que a luz quente não causa nenhuma queimação na área, apenas relaxa os músculos do rosto, não promovendo nenhum desconforto.

O tempo de duração de cada sessão pode varias de 30 a 60 minutos, dependendo para qual finalidade e proporção será feita o procedimento.

A quantidade de sessões também deve ser levada em conta quanto ao objetivo, por isso, poderá ter uma média de 3 a 10 sessões, em duas ou três vezes na semana.

Quais os benefícios de fazer Ledterapia?

Quais Os Benefícios De Fazer Ledterapia

A Ledterapia foi descoberta pelo instituto Peterson, através de uma pesquisa sobre tratamento para o câncer de pele.

Com efeito regenerador, possui muitos benefícios para a pele, sendo seu processo indolor e não causa nenhum dano aos tecidos.

Por isso, pode ser aplicada em todos os tipos de pele e em qualquer parte do corpo, desde que seja feito por um profissional qualificado.

Outra vantagem é que não deixa a pele irritada ou sensível, mas isso não anula os cuidados que se deve ter após o processo, como por exemplo, o uso de protetor solar sempre quando sair de casa.

Possui alguma contraindicação?

Possui Alguma Contraindicação

A ledterapia é mais vantajosa do que prejudicial, saindo na frente de muitos procedimentos estéticos que causam incômodos ou que causam algum efeito colateral.

Apesar de sua eficácia, ela não é indicada para todas as pessoas usarem, principalmente em casos de:

  • Pessoas com dermatite fotossensível;
  • Pessoas que estão fazendo tratamento com tretinoína e isotretinoína que são usadas para eliminação linhas de expressão, marcas de sol e acne.
  • Pacientes que possui glaucoma;
  • Pacientes com câncer na região que se deseja fazer o tratamento;
  • Mulheres gestantes e lactantes

Conclusão:

A ledterapia é uma ótima opção para quem procura um tratamento indolor e com resultado rápido.

Podendo ser percebido suas vantagens desde a primeira sessão, que garante um efeito progressivo ao longo de todo o tratamento.

Dessa maneira, seus efeitos colaterais insignificantes, pois não causam descamação da pele, irritação ou vermelhidão após as sessões.

Você já conhecia a Ledterapia? Já fez este procedimento? Compartilhe conosco como foi sua experiência, e se você indicaria este tipo de tratamento.

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Whatsapp

Você leu Ledterapia: Como é feita? Para quê serve? Contraindicações e Colaterais. O FemmeVerso estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.