Mitos e verdades sobre o alisamento capilar

Publicado em e atualizado em: 06-09-2023 por Maria

E aí, galera! Tudo certo? Hoje eu vou falar sobre um assunto que muita gente tem dúvidas: o alisamento capilar. Quem nunca sonhou em ter aquele cabelo liso e impecável, não é mesmo? Mas será que tudo que a gente ouve por aí sobre alisamento é verdade? Será que não existem mitos rondando esse assunto? Vamos descobrir juntos!

Você já ouviu falar que o alisamento estraga os fios? E que só é possível alisar o cabelo com química? Será que é verdade? E o famoso alisamento natural, funciona mesmo? Ah, e tem mais uma coisa: será que o alisamento é bom para todo tipo de cabelo?

Se você ficou curioso(a) e quer desvendar esses mistérios, continue lendo porque eu vou te contar tudo sobre os mitos e verdades do alisamento capilar. Vamos nessa!
Comparacao Mitos Verdades Alisamento Capilar

Notas Rápidas

  • Nem todo alisamento capilar é prejudicial para os fios
  • O alisamento não causa queda de cabelo
  • O alisamento não deixa o cabelo mais fraco ou quebradiço
  • O alisamento não impede o crescimento do cabelo
  • O alisamento não é permanente, é necessário fazer retoques
  • Existem diferentes tipos de alisamentos capilares, como progressiva, definitiva e relaxamento
  • O alisamento pode ser feito em cabelos naturais ou já quimicamente tratados
  • É importante escolher um profissional qualificado para realizar o alisamento capilar
  • O processo de alisamento pode danificar os fios se não for feito corretamente
  • É necessário cuidar dos cabelos alisados com produtos específicos para manter a saúde dos fios

Mulheres Texturas Cabelo Natural Alisado

Descubra a verdade por trás dos mitos sobre o alisamento capilar

Você já deve ter ouvido falar sobre alisamento capilar, certo? É um procedimento muito comum entre as pessoas que desejam ter cabelos mais lisos e sem volume. Porém, existem muitos mitos e verdades sobre esse assunto. Hoje, vou te contar tudo o que você precisa saber para acabar com as dúvidas e tomar a melhor decisão para o seu cabelo.

Os diferentes métodos de alisamento capilar e suas características

Existem diversos métodos de alisamento capilar disponíveis no mercado. Alguns dos mais populares são a escova progressiva, o alisamento com chapinha e o alisamento com produtos químicos, como o tioglicolato de amônia. Cada um desses métodos possui características diferentes e é importante conhecer cada um deles antes de decidir qual é o mais adequado para você.

A escova progressiva é um método temporário, que utiliza produtos químicos para alisar os fios. Já o alisamento com chapinha é uma opção mais rápida, mas também temporária. Por fim, o alisamento com produtos químicos é um método mais duradouro, mas que exige cuidados especiais.

  Acelere Seu Crescimento Capilar com Dicas de 2024.

As principais vantagens e desvantagens do alisamento capilar

O alisamento capilar pode trazer diversas vantagens, como a praticidade de ter cabelos lisos todos os dias, a redução do volume e a facilidade na hora de pentear. Porém, também existem algumas desvantagens a serem consideradas, como a necessidade de manutenção frequente, os possíveis danos aos fios e a dependência do uso de produtos químicos.

A importância de um profissional qualificado no processo de alisamento capilar

É muito importante contar com um profissional qualificado na hora de realizar o alisamento capilar. Isso porque ele possui conhecimento técnico e experiência para escolher o método mais adequado para o seu tipo de cabelo, além de saber como aplicar os produtos corretamente, evitando danos aos fios.

Mitos sobre os danos causados pelo alisamento capilar: o que é verdade e o que é exagero?

Muitas pessoas acreditam que o alisamento capilar causa danos irreversíveis aos fios, como quebra e queda. Porém, isso não é totalmente verdade. Com os cuidados adequados e a escolha do método correto, é possível ter cabelos lisos e saudáveis.

É importante lembrar que qualquer procedimento químico pode causar danos aos fios se não for realizado corretamente ou se não forem seguidas as orientações de cuidados pós-alisamento.

Opções alternativas ao alisamento químico para um cabelo liso e saudável

Se você deseja ter cabelos lisos, mas não quer recorrer ao alisamento químico, existem algumas opções alternativas. Uma delas é utilizar a chapinha ou o secador para alisar os fios temporariamente. Outra opção é investir em tratamentos capilares que ajudam a reduzir o volume e deixar os cabelos mais lisos, como a cauterização e a hidratação profunda.

Dicas para cuidar dos cabelos após o processo de alisamento

Após realizar o alisamento capilar, é importante seguir algumas dicas para manter os fios saudáveis. Evite lavar o cabelo com água muito quente, use produtos específicos para cabelos quimicamente tratados e faça hidratações regulares para manter a saúde e a beleza dos fios.

Agora que você já sabe a verdade por trás dos mitos sobre o alisamento capilar, pode tomar uma decisão mais consciente e cuidar do seu cabelo da melhor forma possível. Lembre-se sempre de contar com a ajuda de um profissional qualificado e seguir as orientações de cuidados pós-alisamento. Assim, você terá cabelos lisos e saudáveis por muito mais tempo.

MitoVerdade
Alisamento capilar danifica os fiosDepende do tipo de alisamento e da forma como é realizado. Alguns procedimentos podem causar danos se não forem feitos corretamente, mas outros métodos mais suaves podem ser menos prejudiciais.
Alisamento capilar é permanenteExistem diferentes tipos de alisamento capilar, alguns são temporários e outros são permanentes. É importante escolher o método adequado às suas necessidades e expectativas.
Qualquer pessoa pode fazer alisamento capilarNem todos os tipos de cabelo são adequados para o alisamento capilar. É necessário fazer uma avaliação prévia para determinar se o cabelo está saudável o suficiente para passar pelo processo.
Alisamento capilar é a única opção para ter cabelos lisosExistem diversas opções para obter cabelos lisos, como escova progressiva, escova definitiva, relaxamento, entre outros. Cada método tem suas próprias características e é importante escolher o mais adequado para você.

Detalhes Interessantes

  • O alisamento capilar pode danificar os fios
  • Nem todo alisamento é feito com produtos químicos
  • O uso frequente de chapinha e secador pode causar danos aos cabelos
  • Existem diferentes tipos de alisamento capilar, como o progressivo, definitivo e relaxamento
  • O alisamento capilar pode deixar os cabelos mais fáceis de pentear e controlar
  • É importante fazer um teste de mecha antes de realizar qualquer procedimento de alisamento
  • O resultado do alisamento pode variar de acordo com o tipo de cabelo e a técnica utilizada
  • O alisamento capilar não é permanente, sendo necessário fazer retoques periódicos
  • É fundamental cuidar dos cabelos após o alisamento, utilizando produtos específicos para cabelos quimicamente tratados
  • Nem todas as pessoas podem realizar o alisamento capilar, pois algumas condições de saúde podem contraindicar o procedimento
  Estilo e Proteção: Franjas e Penteados para Cabelos Quimicamente Tratados

Mulheres Textura Cabelo Natural Alisamento

Caderno de Palavras


– Alisamento capilar: processo químico utilizado para alisar os cabelos, deixando-os mais lisos e sem volume.
– Cabelo liso: tipo de cabelo que apresenta uma estrutura capilar mais reta, fazendo com que os fios se mantenham alinhados e sem ondulações.
– Cabelo cacheado: tipo de cabelo que apresenta uma estrutura capilar em formato de espiral, formando cachos ou ondas.
– Cabelo crespo: tipo de cabelo que apresenta uma estrutura capilar mais frisada, formando cachos bem apertados.
– Relaxamento capilar: processo químico utilizado para relaxar os cachos do cabelo, deixando-os mais soltos e com menos volume.
– Progressiva: técnica de alisamento capilar que utiliza produtos à base de queratina e formol para deixar os cabelos lisos temporariamente.
– Definitiva: técnica de alisamento capilar que modifica permanentemente a estrutura dos fios, deixando-os completamente lisos.
– Transição capilar: processo em que a pessoa decide abandonar o alisamento e voltar a usar seu cabelo natural, seja ele cacheado ou crespo.
– Big chop: corte radical realizado durante a transição capilar, onde são removidas todas as partes alisadas do cabelo, deixando apenas o cabelo natural.
– Texturização: técnica utilizada para definir os cachos naturais do cabelo, utilizando técnicas como twist, dedoliss, entre outras.
– Cronograma capilar: rotina de cuidados com o cabelo que inclui hidratação, nutrição e reconstrução, visando manter a saúde e a beleza dos fios.
– Poo: sigla para “shampoo sem sulfato”, produtos de limpeza capilar que não contêm sulfatos agressivos, preservando a hidratação natural dos fios.
– Co-wash: técnica de lavagem dos cabelos utilizando apenas condicionador, sem o uso de shampoo, para evitar o ressecamento dos fios.
– Umectação: técnica de hidratação profunda dos cabelos utilizando óleos vegetais, como óleo de coco, azeite de oliva, entre outros.
– No-poo: método de cuidado capilar que consiste em não utilizar nenhum tipo de shampoo ou produtos com sulfato, visando preservar a hidratação natural dos fios.
Mitos Verdades Alisamento Capilar

1. Alisar o cabelo com chapinha ou secador danifica os fios?


Resposta: Verdade. O uso frequente de chapinha e secador pode causar danos aos fios, como ressecamento, quebra e pontas duplas. Isso acontece porque o calor excessivo retira a umidade natural do cabelo.

2. Alisamentos químicos são seguros para todos os tipos de cabelo?


Resposta: Mito. Alisamentos químicos contêm substâncias que alteram a estrutura dos fios, tornando-os mais lisos. Porém, esses produtos podem ser agressivos para alguns tipos de cabelo, principalmente os mais frágeis e danificados.

3. Alisamentos permanentes são irreversíveis?


Resposta: Verdade. Alisamentos permanentes alteram a estrutura do cabelo de forma duradoura. Para voltar ao cabelo natural, é necessário esperar o crescimento dos fios ou fazer um corte.

4. Alisamentos com produtos naturais são menos prejudiciais?


Resposta: Mito. Alisamentos com produtos naturais podem ser menos agressivos em comparação com os químicos, mas ainda assim podem causar danos aos fios se não forem utilizados corretamente.

5. Alisamentos progressivos são temporários?


Resposta: Verdade. Os alisamentos progressivos são temporários, pois vão se desgastando com as lavagens e o crescimento dos fios. É necessário fazer retoques periódicos para manter o efeito liso.

6. Alisamentos térmicos são menos prejudiciais?


Resposta: Mito. Alisamentos térmicos, como escova progressiva e escova definitiva, utilizam calor para alisar os fios. Esse calor pode causar danos aos cabelos se não for usado com cuidado.
  Vitaminas essenciais para cabelos fortes e brilhantes

7. Alisamentos podem ser feitos em cabelos coloridos?


Resposta: Depende. Alguns alisamentos podem ser feitos em cabelos coloridos, desde que o cabelo esteja saudável e o profissional tenha conhecimento sobre a compatibilidade dos produtos utilizados.

8. Alisamentos deixam o cabelo mais fraco?


Resposta: Verdade. Alisamentos químicos podem deixar o cabelo mais fraco, pois alteram a estrutura dos fios. É importante fazer um tratamento de reconstrução capilar após o procedimento para fortalecer os fios.

9. Alisamentos podem ser feitos em cabelos cacheados?


Resposta: Sim. Alisamentos podem ser feitos em cabelos cacheados, mas é importante lembrar que isso vai alterar a textura natural dos fios. É fundamental consultar um profissional especializado para escolher o melhor método.

10. Alisamentos caseiros são eficazes?


Resposta: Depende. Alguns alisamentos caseiros podem ajudar a reduzir o volume e deixar o cabelo mais liso temporariamente, mas não são tão eficazes quanto os procedimentos realizados em salões de beleza.

11. Alisamentos permanentes causam queda de cabelo?


Resposta: Mito. Alisamentos permanentes não causam queda de cabelo diretamente. No entanto, se o procedimento for mal realizado ou se os fios estiverem fragilizados, pode ocorrer quebra dos fios.

12. Alisamentos podem ser feitos em cabelos descoloridos?


Resposta: Depende. Alisamentos podem ser feitos em cabelos descoloridos, mas é necessário ter cuidado extra, pois a descoloração já enfraquece os fios. É importante consultar um profissional para avaliar a saúde do cabelo antes de realizar o procedimento.

13. Alisamentos danificam a raiz do cabelo?


Resposta: Mito. Alisamentos não danificam a raiz do cabelo, pois agem apenas na parte externa dos fios. No entanto, se o procedimento for mal realizado, pode ocorrer irritação no couro cabeludo.

14. Alisamentos podem ser feitos em cabelos com química?


Resposta: Depende. Alisamentos podem ser feitos em cabelos com química, mas é necessário avaliar a compatibilidade dos produtos utilizados e verificar se o cabelo está saudável o suficiente para receber mais tratamentos químicos.

15. Alisamentos deixam o cabelo sem volume?


Resposta: Verdade. Alisamentos podem reduzir o volume do cabelo, deixando-o mais liso e com aparência mais “chapada”. Isso acontece porque os alisamentos alteram a estrutura dos fios, tornando-os mais retos e menos volumosos.
Cabelo Cacheado X Cabelo Liso
Maria

Compartilhe esse conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *